Yosemite – Tudo sobre o parque mais famoso da Califórnia!

Vista do tunnel view no parque de yosemite, california, eua

Vista do vale de Yosemite do mirante Tunnel View

Compartilhe com os amigos

O Parque Nacional de Yosemite fica localizado na Califórnia, Estados Unidos. 5 milhões de visitantes passaram pelo parque em 2016, o que faz dele  um dos principais pontos turísticos da costa oeste dos EUA O parque foi fundado em 1890 e desde 1984 é patrimônio da humanidade.

COMO CHEGAR EM YOSEMITE

A forma mais prática para nós brasileiros de chegar a Yosemite é através dos aeroportos internacionais de São Francisco ou de Los Angeles. A partir destas cidades pode-se chegar facilmente de carro ou ônibus até o parque. Muitos também vão a partir de Las Vegas. A viagem fica mais longa, mas é uma road trip incrível cheia de belas paisagens.

De carro

Esta é a melhor forma de ir ao parque. Alugue um carro e vá curtindo a vista. As estradas são impecáveis, bem sinalizadas e não costumam ficar cheias (exceto durante férias escolares americanas). Ao chegar ao parque você estaciona e se locomove lá dentro com o transporte interno de Yosemite.

De ônibus

Existe um serviço de ônibus que atende o parque, fazneo 5 rotas que ligam cidades próximas ao parque YARTS. Não atende as grandes cidades, como São Francisco e Los Angeles, mas pode ser combinado com linhas tradicionais de ônibus, que fazem estas rotas, como a Greyhound.

É um pouco mais trabalhoso que ir de carro, mas é uma opção eficiente e barata para quem não quer dirigir.

AONDE FICAR

As principais opções para quem quer curtir alguns dias em Yosemite são os hotéis, lodges e sistema de camping localizados dentro do parque e aqueles localizados em cidadezinhas próximas às entradas de Yosemite. Abaixo listamos os prós e contras de cada uma delas:

Hotéis no parque

Cidades próximas a Yosemite

Os hotéis no parque são mais caros e a maioria das pessoas prefere não acampar. Sendo assim, a grande maioria dos visitantes se hospeda nas pequenas cidades próximas às entradas do parque. Abaixo, estão as principais, com links para pesquisar os hotéis:

Camping

Yosemite é o lugar perfeito para acampar, especialmente se você não tem experiencia prévia. Como é um ambiente controlado, você dificilmente vai passar algum perrengue, e sempre terá outros para te ajudar por perto. É especialmente legal para quem está com crianças, elas adoram, vira uma grande aventura.

O parque tem um sistema de reservas de pela internet, e você pode acampar com motorhome ou com barraca. Os pontos de acampamento são numerados, e cada campground costuma ter tem uma vaga para estacionar, um espaço para montar a barraca, um espaço para fazer fogueira ou churrasco e uma mesa de madeira. Claro que isso varia entre os diversos pontos de camping do parque.

Caso você não tenha reservas, alguns pontos ficam disponíveis para quem chegar primeiro naquele dia. Mas estes em geral são os campings como menos estrutura.

Dentro do próprio parque é possível comprar lenha para a fogueira, além de comida e utensílios e equipamentos de camping. Tudo muito simples.

Deixo abaixo o link para o site de reservas do governo americano, onde são feitas as reservas dos campings. A página é inglês, mas fico a disposição para ajudar a esclarecer algum ponto que precise. É só falar nos comentários.

QUANDO IR

Yosemite pode ser visitado durante todo o ano, e cada estação tem a sua característica. Abaixo estão descritas as características de cada época do ano, mas para adiantar considero o melhor período do para ir ao parque é entre Maio e Agosto.

Primavera (Março a Junho)

Melhor época para ver as cachoeiras. Como elas são formadas pelo degelo da neve que cai no inverno, neste período o volume de água está no máximo. Algumas partes do parque podem estar inacessíveis devido a estradas ainda fechadas pela neve (costuma ficar acessível a partir do fim de Maio, no link abaixo é possível conferir.) Neste época faz frio , especialmente nas partes mais altas do parque, e tem flores por toda a parte.

Verão (Junho a Setembro)

Período de maior movimento no parque. Tente evitar Julho, quando os americanos estão de férias. Todo o local fica bem cheio neste período. Época perfeita para fazer trilhas e nadar nos lagos. Os cabos para subir ao Half Dome ficam disponíveis durante este período, caso você consiga obter uma permissão no sorteio (mais informações no tópico Half Dome abaixo). Todo o parque já está acessível no verão, e as cachoeiras ainda tem um bom volume de água.

Outono (Setembro a Dezembro)

O parque fica muito bonito, com as folhagens adquirindo tons avermelhados característicos do outono. O único ponto negativo são as cachoeiras, que já estão praticamente secas. Alguns serviços do parque começam a fechar à medida que o inverno se aproxima, e as partes mais altas ficam inacessíveis quando cai a primeira nevasca da temporada.

Inverno (Dezembro a Março)

A época menos popular do parque. As partes mais altas estão completamente fechadas, bem como a maioria das trilhas. Apenas o vale está acessível. Como pontos positivos estão as paisagens incríveis do vale coberto pela neve e alguns eventos pontuais, como degustações de vinho e jantares.

Nesta página você pode checar as datas de abertura e fechamento da Tioga Road, que leva Às partes mais altas do parque.

INFRAESTRUTURA

Yosemite tem uma infraestrutura completa, seja para quem vai passar uma tarde ou para quem vai ficar durante dias. Sem sair do parque você tem acesso a lojas de conveniência supermercado, lojas de presentes, galeria de arte, escola de montanhismo, restaurantes, lanchonetes, posto de gasolina e aluguel de bicicletas. Além disso, existem pequenos ônibus que circulam entre os principais pontos de interesse de Yosemite, inclusive os pontos de partida das principais trilhas. É grátis, basta esperar nos pontos marcados e embarcar.

O QUE FAZER EM YOSEMITE

O parque é um grande playground para atividades ao ar livre. Veja abaixo as principais opções:

Trilhas

Mist Trail – Uma das trilhas mais populares do parque. Feita através de um caminho pavimentado ao longo do Rio Merced leva a cachoeiras incríveis e algumas das melhores vistas de Yosemite. Se você quiser ir até a Vernal Fall são 4 quilômetros de distância, se quiser se aventurar até mais longe , a bela Nevada Fall fica a 9 quilômetros (ida e volta).

Half Dome – A trilha mais desafiadora entre as principais de Yosemite. Tem cerca de 26 quilômetros de extensão (ida e volta) e termina com uma subida épica ao Half Dome, principal formação rochosa e ícone do parque.

Para subir ao half dome é preciso obter uma permissão específica. As permissões são disponibilizadas via sorteio online, e as inscrições para o sorteio acontecem em Março.

Após este sorteio inicial, são feitos sorteios diários baseados nas desistências. Você pode se inscrever dois dias antes da data em que deseja fazer a trilha. Segue link para o site onde é possível se inscrever para o sorteio de permissões para o half-dome.

Yosemite Falls – Trilha que sai do vale (parada 7 do ônibus interno) e vai até o topo da principal cachoeira de Yosemite (é a mais alta dos EUA). Tem quase 11 quilômetros (ida e volta), e a subida é íngreme. A vista do topo é incrível, com a enorme cachoeira aos seus pés. Se você acha que é muito pesada, pode ir até a metade, onde fica a queda inferior das Yosemite Falls.

4 Mile Trail – Esta, apesar de ser uma das trilhas mais famosas do arque, acho que não vale tanto a pena fazer. Ela sai do vale, onde ficam os restaurantes, lojas, estacionamento, etc, e vai até Glacier point, que é de onde se tem a melhor vista do Half Dome. Mas é possível chegar lá de carro ou ônibus, então não acho que compensa tanto gastar um dia fazendo esta trilha, que é bem cansativa. Se quiser mesmo fazer, pode ir até o Glacier point de carro ou ônibus e só descer pela trilha.

Panorama Trail – Como o nome sugere, essa trilha tem um visual maravilhoso a cada curva. Saindo do Glacier Point atravessa grande parte do parque. A melhor forma de fazer é subir até lá de carro ou ônibus e fazer somente a descida, de 14 quilômetros.

Inspiration Point – Esta trilha é íngreme, mas não é longa. Oferece uma das melhores vistas do parque, parecida com a do Tunnel View, eu é onde ela começa. Tem por volta de 4 quilômetros (ida e volta).

Bridalveil Trail – A única cachoeira do parque que tem água em qualquer época do ano. A trilha fica no início do vale e é bem curtinha, coisa de 10 minutos, não deixe passar.

Mirror Lake Trail – Trilha bem tranquila de cerca de 3 quilômetros (ida e volta) em trecho plano, leva até um lago onde é possível ver o reflexo o Half Dome na água. Uma das preferidas de quem gosta de fotografia e legal para piqueniques também. O ponto de partida é próximo a parada 17 do ônibus interno.

Sentinel Dome – Trilha curta, de menos de 5 quilômetros, até o topo de uma das principais formações rochosas do parque. Se você acha a subida até o Half Dome muito puxada ou não conseguiu uma permissão, essa é a trilha ideal para substituir.

Glacier point - o mirante mais famoso de Yosemite

Glacier point – o mirante mais famoso de Yosemite

Pontos de interesse

Yosemite valley – O vale é o centro nervoso do parque. Aqui é onde você vai chegar primeiro e estacionar. Nesta parte estão localizados os principais pontos de interesse, como centro de visitantes, lojas, restaurantes e lanchonetes. A partir daqui é possível pegar o transporte do parque para as principais trilhas.

Glacier point – A melhor vista de Yosemite fica aqui. Você fica bem de frente para o Half Dome e tem uma vista panorâmica do vale e suas cachoeiras. É possível chegar de carro ou ônibus, ou caminhar através da Four Mile Trail.

Tuolumne Grove – Yosemite tem as suas próprias florestas de sequoias gigantes. Se estiver no parque não deixe de conhecer uma delas. São caminhadas curtas entre as famosas árvores, você vai se impressionar com o tamanho. Esta caminhada tem menos de 4 quilômetros de distância, considerando ida e volta.

Tunnel view – Vista incrível de Yosemite, este ponto é uma parada obrigatória. Daqui são tiradas as fotos mais clássicas do vale, que mostram as principais formações rochosas da região: A montanha El Capitan e o Half Dome. No nascer e pôr do sol fotógrafos disputam cada centímetro do local em busca do melhor ângulo.

Taft point – Vem rapidamente se tornando o ponto favorito dos instagrammers no parque. Daqui é possível tirar fotos incríveis na beira de um precipício de centenas de metros de altura, e a luz do pôr do sol é fantástica. A trilha tem menos de 3,5 quilômetros e fica próxima ao Glacier point.

Tenaya Lake – O maior lago de Yosemite. Esta trilha começa numa foresta e depois acompanha a margem do lago. Excelente lugar pra fazer piquenique, e se estiver no verão, pra nadar e tomar sol.

Escalada

Yosemite é a Meca da escalada em rocha nos EUA. Aqui nasceu o esporte (para quem quiser saber mais recomendo o ótimo documentário Valley Uprising, tem no Netflix). Dentro do parque funciona uma escola de escalada, onde você pode aprender o básico e fazer escaladas simples ou contratar apoio e equipamento para fazer as principais vias do parque.

ATRAÇÕES PRÓXIMAS

Sequoia / Kings Canyon National Parks – 230 km

Estes parques ficam próximos a Yosemite e são famosos pelas Sequoias Gigantes. Podem ser visitados em um dia, e vale muito a pena. O tamanho das árvores impressiona crianças e adultos, é fascinante.

São Francisco – 340 km

São Francisco é de onde vem a grande maioria dos visitantes de Yosemite. A cidade é famosa por seus restaurantes e por seu estilo de vida moderno e cosmopolita, e tem opções de passeios para todo tipo de viajante. Recomendo o passeio de bicicleta pela Golden Gate Bridge até Sausalito.

Lake Tahoe – 370 km

Esta é uma área de recreação muito popular na região, especialmente para a pratica de esportes aquáticos. Se estiver visitando no inverno este é um dos melhores pontos para esquiar dos Estados Unidos.

Los Angeles – 500 km

É possível combinar uma visita a Holywood com as trilhas incríveis de Yosemite. Apenas algumas horas de carro separam estes dois lugares fantásticos. Perfeito pra uma road trip.

Death Valley National Park -690 km

O Death Valley é um parquet bem interessante na Califórnia. Um deserto escaldante e inóspito, com visuais surreais, vale a pena dar uma conferida se estiver na região.

Las Vegas – 780 km

Vegas não fica pertinho de Yosemite, mas dá para ir em um dia de viagem. É uma road trip bem legal, fiz esse trajeto da última vez que visitei o parque. Excelente para descansar em Yosemite depois de curtir algumas noites no deserto.

Grand Canyon – 1000 km

Muitos fazem uma road trip que inclui Yosemite e o Grand Canyon, minha primeira visita ao parque foi assim. Não fica pertinho, mas tem tanta coisa interessante pelo caminho que você nem vai ver o tempo passar. Dá para passar por Las Vegas, Death Valley e Sequoia, por exemplo.

Conclusão

E agora, está esperando o que para conhecer este lugar fantástico? Não deixe de incluir Yosemite em seu roteiro quando você for para a costa leste dos Estados Unidos. Se precisar de ajuda em mais algum tópico, é só perguntar nos comentários, vai ser um prazer ajudar a esclarecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *